Arranque de Obra OAZ

Arrancam primeiros 26 km de condutas do investimento de 4,3 milhões de euros

Intervenções integram um ambicioso Plano de Investimentos e vão permitir alargar taxa de cobertura da rede de saneamento para os 54,7% e servir mais de 2.600 habitações.

09 de setembro de 2020 – Oliveira de Azeméis, Travanca, São Roque e Santiago de Riba-Ul são as primeiras localidades abrangidas pelo novo Plano de Investimentos que a INDAQUA está a realizar no concelho de Oliveira de Azeméis, em coordenação com a Câmara Municipal. Este investimento inicial ronda os 2,4 milhões de euros e irá traduzir-se na construção de mais 26 km de rede de drenagem de águas residuais e de aproximadamente 3 Km de rede de abastecimento de água.

Na prática, são mais 3 mil pessoas que passam a ter acesso à rede de saneamento, em mais de 1.300 habitações. Em algumas destas áreas intervencionadas será ainda prolongada a rede de abastecimento de água, ligando e integrando as habitações que ainda não dispõem deste serviço.

“Continuamos empenhados em colaborar com o município e em proporcionar mais e melhor qualidade de vida às populações. Esta necessária intervenção vai ter um impacto direto muito positivo para centenas de famílias, mas também na estratégia ambiental global de Oliveira de Azeméis. O correto encaminhamento das águas residuais para estações de tratamento, agora que já foram construídas todas as estações de tratamento necessárias, vai evitar a contaminação de água e solos, melhorando a qualidade das linhas de água do concelho”, explica Tiago Fragata, Diretor Geral da INDAQUA Oliveira de Azeméis.

A INDAQUA detém operação em Oliveira de Azeméis desde 2014, altura em que a rede de abastecimento de água chegava a 69,8% da população. No caso da recolha e tratamento de águas residuais, a rede com tratamento alcançava apenas 22,5%, uma percentagem que deverá subir para os 54,7%, após a intervenção que agora se inicia. Desde o início do contrato de concessão neste concelho, a INDAQUA investiu já 11 milhões de euros na gestão e alargamento de redes, chegando a mais 9 mil pessoas, no caso do abastecimento de água, e 12 mil, no saneamento.

As obras vão decorrer de acordo com as normas de prevenção, proteção e segurança que constam no Plano de Contingência da INDAQUA e nas diretrizes da Direção Geral da Saúde, em vigor a nível nacional. Para mais informações ou esclarecimento de dúvidas, contactar a INDAQUA Oliveira de Azeméis através do 256 690 150, geraloazemeis@indaquaoazemeis.pt (geral) ou avariasoazemeis@indaquaoazemeis.pt (questões técnicas).

Sobre a INDAQUA:

A Fundado em 1994, o Grupo INDAQUA é líder na gestão de sistemas de abastecimento de água para consumo humano e de saneamento de águas residuais, e um dos maiores operadores no universo das concessões municipais em Portugal, servindo mais de 600 mil pessoas.

Ao assegurar a prestação de serviços que permitem suportar todo o ciclo da água doméstica, a INDAQUA é igualmente uma referência a nível global no que respeita ao indicador mais relevante do setor: a redução de perdas de água na rede de abastecimento.

Com uma equipa de 580 colaboradores, o Grupo INDAQUA agrega, além da holding, oito empresas em Portugal – entre as quais seis concessões e uma participação numa empresa municipal de água – e uma em Angola.

Através da subsidiária Aqualevel, atua ainda ao nível do apoio, manutenção e monitorização de infraestruturas, tanto ao nível do suporte tecnológico como do apoio à gestão e operação.

Globalmente, a INDAQUA desenvolve atividade em Angola, nomeadamente, nas áreas de projetos de engenharia e assessoria técnica no setor da água e saneamento. Além de apoiar os sistemas que gere com estas múltiplas valências, e empresa disponibiliza os seus serviços a variadas empresas do setor e a entidades públicas.

A INDAQUA é participada do Grupo Miya, especialista em soluções de gestão de recursos hídricos e de redes urbanas de água, presente em vários países da Europa, assim como nas Caraíbas e em África, servindo atualmente mais de 1 milhão de pessoas.

Voltar